quarta-feira, 7 de novembro de 2018

Concurso Nacional de Leitura

Inscreve-te! Participa! Representa a tua Escola!
[Clique na imagem para Ler+]

3.º Ciclo: O Velho que lia Romances de Amor - Luis Sepúlveda
Ensino Secundário: A Cidade e as Serras - Eça de Queirós

Autor do mês de novembro: José Saramago

O autor do mês de novembro é José Saramago. Galardoado com o Nobel de Literatura de 1998, ganhou, também, em 1995, o Prémio Camões, o mais importante prémio literário da língua portuguesa. 
[Clique na imagem para Ler+]

Dia da Biblioteca Escolar




Celebrado na quarta segunda-feira do mês de outubro, o Dia da Biblioteca Escolar tem como objetivo destacar a importância das bibliotecas escolares na educação, assim como promover o gosto pela leitura. Esta data foi comemorada, pela primeira vez, em outubro de 1999.
[Clique na imagem para Ver+]

sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Prioridades da Rede de Bibliotecas Escolares para o ano letivo 2018/2019 | ministério da educação

No âmbito dos trabalhos de preparação do ano letivo 2018-2019, o Ministério da Educação definiu as prioridades de atuação das Bibliotecas Escolares, que a seguir se elencam:

1. Um trabalho mais aprofundado com as escolas de 1.º ciclo, integrando as bibliotecas nas dinâmicas de trabalho em sala de aula e formando os professores titulares de turma em práticas de formação de leitores e dinamização de literacia familiar;

2. A implementação do referencial "Aprender com a Biblioteca Escolar", que preconiza metodologias de trabalho cooperativo entre professores, colocando a biblioteca no centro das atividades da escola e explora o trabalho dos professores bibliotecários como mediadores de aprendizagens;

3. A promoção de um trabalho de avaliação das literacias, através do desenvolvimento de instrumentos rigorosos para a avaliação da competência leitora;
4. A promoção da inovação pedagógica e da flexibilidade curricular a partir da biblioteca escolar, enquanto espaço privilegiado do cruzamento de saberes disciplinares e do acesso a múltiplos recursos;

5. A implementação da Estratégia Nacional de Educação para a Cidadania, através da capacitação das bibliotecas com instrumentos de participação dos alunos no comentário aos temas da atualidade e no acesso a recursos que lhes permitam desenvolver conhecimentos e capacidade crítica;
  
6. O reforço das literacias digitais, através da promoção de leitura em diferentes formatos e da promoção da competência de leitura em texto e hipertexto.
Estas prioridades colocam as Bibliotecas Escolares no centro da escola, reforçando o seu papel enquanto instrumento de promoção de melhores aprendizagens.

Para a sua concretização, serão disponibilizadas ações de formação, recursos digitais e documentação de apoio às escolas, já a partir de setembro de 2018.

sexta-feira, 14 de setembro de 2018

2018.2019

Nova etapa se inicia. A equipa da Biblioteca da Escola Secundária Abade de Baçal espera poder contar com a participação da comunidade escolar nas atividades que vai propor ao longo do ano letivo que agora começa. O nosso propósito é contribuir para a formação dos jovens que frequentam a nossa escola.


segunda-feira, 11 de junho de 2018

Autor do Mês de Junho: Germano Almeida

Germano Almeida nasceu na ilha da Boa Vista em 1945. Licenciou-se em Direito na Universidade Clássica de Lisboa. Vive em São Vicente onde, desde 1979, exerce a profissão de advogado.
Venceu este ano (2018) o Prémio Camões

 (Ver+)

segunda-feira, 21 de maio de 2018

Deana Barroqueiro vem à Escola



Deana Barroqueiro nasceu em New Haven - Connecticut, nos Estados Unidos da América, em 23 de julho de 1945. Licenciou-se em Filologia Românica na Faculdade de Letras de Lisboa. Por vocação, tornou-se professora de Português, fazendo o estágio na Escola Secundária Passos Manuel, em Lisboa, onde tem concretizado a maioria dos seus projetos de Teatro e de Escrita Criativa
Publicou oito romances históricos e dois livros de contos, os quais já se encontram traduzidos e editados em Espanha, em Itália e no Brasil. É autora do primeiro livro de ficção editado pela Porto Editora, D. Sebastião e o Vidente e venceu o Prémio Máxima de Literatura (Prémio Especial do Júri).
(Ver +)